© Pedro Madeira

José Miguel Pinto

Multi-instrumentista

Nasceu em 1973 na Figueira da Foz e é músico autodidata.

Dirigiu o workshop "Bandas Sonoras e Improvisação" (Covilhã, 1997). Frequentou workshops com Frank Mobus, Gregg Moore, Nuno Rebelo, Jon Rose, Paul Mayer, Hamadi Ben Othman, Aires Silva, Sarah Rubidge e John-Marc Gowans. Participou em vários concertos na área da música rock, pop, improvisada, eletrónica e experimental. Tocou com: RIP - Rotterdamse Improvisatie Poel em Roterdão, Filipe Menezes, Grupo Grua, Rodrigo Pinheiro, Miguel Leiria Pereira, Albrecht Loops, Gustavo Costa, Space Ensemble e João Martins. Compôs bandas sonoras para teatro e intervenções artísticas diversas. Fez arranjos e instrumentação para TASCO (Tuna da Universidade de Évora), Trashcleaner (banda efémera de pós-rock). É membro fundador do projeto de música improvisada Oh!Malone, com quem gravou "OhMalone S (4!/k!*(4-k)!)" (co-produção OhMalone / Rock'n'Cave, 2000), "OhMalone ao vivo no Hard Club" (edição de autor, 1998) e compôs a banda sonora para a peça de teatro "Seis Gaivotas", do grupo Visões Úteis. Participou na Mostra Nacional de Jovens Criadores'99.

Utiliza instrumentos tão diversos como a guitarra elétrica, rádios, cassetes, zeremin (adaptação livre, multifónica e por vezes midi do theremin), instrumentos preparados, computadores, berimbau, memórias RAM de equipamentos diversos.

Mais recentemente tem colaborado com o Space Ensemble em diversos filmes-concerto, como Floresta Animada, As Aventuras do Príncipe Achmed, Um Jogo de Futebol, Um Corvo na Cidade, entre outros.