jogos de improvisação do Space Ensemble, em que os músicos de uma big band rodam na posição de maestro, ligando e desligando instrumentos e instrumentistas, criando espaços de improvisação para os outros músicos, gerindo ritmos e níveis sonoros, dando assim uma dinâmica aos concertos que normalmente surpreende toda a plateia e os próprios músicos. Estes são levados a “ler” e “escrever” todo o ambiente musical em tempo real, improvisando. Estas PlayStations são apresentadas com formações de 6 a 12 músicos e normalmente procuramos relacionar diferentes instrumentos e músicos com diferentes percursos/origens(música clássica, jazz, rock, experimental, electrónica).

-> Festival Space 2004, 26 Setembro, Barco Porto Rio, Porto